Você é meu ponto fraco

Se for qualquer outra pessoa não tem erro. Sigo o roteiro e alcanço o objetivo. Mas quando é você eu esqueço o script, perco minhas anotações e entro em cena na hora errada. Não tem encenação.

Quando é você eu perco o roteiro. Não tem xaveco manjado, nem passo de dança. Quando é você o buraco é mais embaixo. Pego no ponto fraco, viro do avesso, fico exposta, em carne viva.

Quando é você eu tropeço no ar, esqueço o que ia falar e me perco em ações básicas. Até as coisas mais primárias tornam-se um risco.

Quando é você o mundo gira em câmera lenta e eu tento não ser romântica enquanto declamo poesia em pensamento.

Quando é você eu perco as contas, a rima, o equilíbrio. Perco a saída, viro na rua errada e atravesso no farol vermelho.

Eu nem consigo ficar séria, me brota um sorriso espontâneo e lá to eu feliz de novo. Não dá nem pra disfarçar. É o tipo de coisa que a gente não quer dar o braço a torcer mas quando vê já torceu tudo.

E se fosse com outro eu já teria arrumado um jeito de fugir, mas quando é você, eu fico.


Comments

comments