Vamos combinar? Se quer ser diferente, seja honesto e leal, pra variar!

Eu não quero ser uma louca, ciumenta, que desconfia de tudo. Não gosto de ser assim. Então seja sincero, honesto. Mais que fidelidade, vamos falar de lealdade. Se ficar comigo, seja leal. Não queira me enganar, porque, como dizem por aí, mulher é um bicho ruim e quando quer, descobre até o que não existia.

Fique comigo porque quer estar comigo. Simples, não é mesmo? Você deve ter os seus motivos pra gostar de mim, assim, exatamente como sou. Não queira me mudar, me afastar dos meus amigos, de quem me faz bem, me faz sorrir.

O seu lugar na minha vida, no meu coração é único. Não existe comparação entre o amor da família, dos amigos e de um casal. Cada sentimento é único, da mesma forma como foram construídas essas relações.

Se estou com você, é porque assim desejo. Resolvi arriscar. Mas só te peço uma coisa: não me faça de boba. Não quero jogos, inseguranças, desculpas esfarrapadas. Convenhamos, não estamos mais na idade de um relacionamento montanha-russa.

Quero estar ao seu lado e sentir meu coração tranquilo, sem agonias, ansiedade. Quero sossego. Quero aproveitar um domingo de sol. Trocar a balada por um filme e um bom vinho. Não quero esperar o telefone tocar, nem perguntar onde está e que horas vai voltar.

Se você não quer ou acha que não é capaz de fazer isso, então, por favor, me deixe quieta no meu canto. Saia da minha vida com dignidade. Porque eu só quero estar em paz. E já aprendi – a trancos e barrancos, é verdade – que sou uma ótima companhia pra mim. E, portanto, prefiro ficar com o meu silêncio a ter um relacionamento doentio.


[M.B.]

Comments

comments