Texto pra quando você chegar

Eu ainda não te contei muita coisa sobre mim, não é? Não, não, não e não. Não contei. Inúmeras coisas. Várias delas que talvez nem me lembre.

Não te contei que já chorei assistindo comercial, nem contei como foi quando eu vi a Lua cheia iluminar o mar mais belo e escuro que já vi. Não contei sobre a viagem que fiz sozinho, nem sobre a vez que enchi a cara pra esquecer um velho amor.

Não contei sobre os filmes, livros e discos que já curti. Nem sobre os que eu esqueci que gostava. Não falei o que eu acho da política, da presidência e do congresso. Nem o que eu acho sobre religião. Não deu tempo de falar nem sobre o tempo. E te contar que amo o verão, mas no fundo tenho uma queda pelo inverno e deixo o ar sempre ligado.

Não te contei sobre a playlist que fiz pra quando você chegar. E pra quando a gente juntar as mãos, as escovas e a vida. E os bichos. E as malas. Não te contei que te imaginei numa cerimônia, vestida de branco. Não deu tempo de imaginar ainda, e talvez por isso eu nem contei.

Mas quero, e vou.

Passar horas falando sobre a viagem que ainda não fizemos. Pra Grécia, pra Nova York, pra Índia. Não importa cidade, estado ou país. Seja frio ou calor, assim que eu encontrar seu amor, vou te contar tudo o que planejei pra nós. E tentar viver o máximo de tempo sem planejar nada, nadinha além de ser feliz.

Logo tu aparece aqui, to sabendo.

[J.S.]

Comments

comments