Se você pudesse me ouvir. Um conselho para minha amiga

Amiga, me escute. Eis o meu conselho: caia fora desse relacionamento antes que as coisas piorem. Antes que você perca mais tempo da sua vida. Antes que você caia do cavalo. Serei direta: ele não te merece. E vou mostrar por quê.

Ele não te merece porque desde que começaram a namorar você deixou de ser você mesma. Fica controlando cada passo, o jeito de falar, o tom da risada, o assunto, a roupa. Vive pisando em ovos. Quando você fala em futuro, em planos, ele responde com o silêncio. Porque ele não abre mão de nada por você. E você, ao contrário, tem feito muita coisa por ele.

Ele não te merece porque não faz muita questão de estar com a sua família e você participa da maioria dos programas da família dele. E vai porque gosta, não por obrigação. Porque você fica esperando o fim de semana para ficarem juntos, só que ele já tem a programação dele. E é uma frustração desistir de cada coisa que você planejou.

Hoje você vive na sombra dele. Mas você não é sombra de ninguém. Tem sua própria luz! Não se esconda atrás de quem quer que seja! Caia fora antes que precise implorar por atenção, antes que as DRs aumentem. E a insônia e o mau humor também.

Eu sei que você vai dizer que os dois têm os mesmos valores, gostam das mesmas coisas. E isso importa sim. Mas sabe por que não vai dar certo? Porque ele não se entrega como você. Os dois estão em frequências diferentes. Você é FM e ele AM.

Olhe a sua volta. Quantas pessoas estão na mesma situação? Escute a sua intuição. Preste atenção aos sinais. Deixe aquela voz que você abafou lá no fundo vir à tona. Seja você mesma novamente. Liberte-se! Pare de inventar desculpas para ficar.

Nós sabemos, ele é uma boa pessoa. Mas isso é suficiente? Basta para você? Ou tudo isso é medo de ficar sozinha?  Partimos da premissa básica: quem gosta da gente, gosta como a gente é: de cara lavada ou maquiada. De vestido ou de pijama. Sem o “mas”: “Eu gosto dela, mas gostaria que se vestisse de outra forma”. Então, não gosta. Gosta apenas de uma parte. De uma imagem criada na cabeça.

Vai por mim, a gente vê que você perdeu o brilho no olhar, perdeu sua autenticidade. Não será o primeiro tombo, mas eu torço para que seja o último. Amiga, me escute.


 

[M.B.]

Comments

comments