O chato – quem nunca?

Dentro do universo dos chatos, vou falar sobre aquele cara do trabalho que tem a péssima (mil vezes péssima) mania de fuxicar a sua mesa, e pior: ficar parado ao lado, olhando para a sua tela e fazendo comentários. Acho isso uma termenda falta de privacidade e educação.

Uma dica: se você não for chamado para dar opinião, para ver alguma coisa na tela alheia, então não se intrometa! Já passei por isso e em várias conversas, amigos e familiares relataram passar pelo mesmo problema.

No início:

– Nossa, que foto incrível!

– É, é mesmo.

– Onde foi isso?

– Ah, esses dias, numa praia com os amigos (querendo ser discreta)

– Sério? Que praia?

– Ubatuba

– Também já fui pra lá (e começa a rir). Teve uma vez que eu e meus amigos alugamos uma casa na Praia Grande, bebemos todas e os vizinhos vieram reclamar do barulho. Foi tão engraçado (e continua a rir).

– É, imagino! (tentando ser simpática).

Depois de algum tempo:

– Já vi esse trailer! Perae (nesse momento querendo pegar no mouse, ou já digitando alguma coisa), deixa eu te mostrar uns links com uma galeria de imagens, entrevista com o diretor e making off dos efeitos especiais.

– Agora não vai dar tenho um monte de coisa pra fazer, só parei pra dar uma olhadinha mesmo, já vou voltar a trabalhar.

– Tem certeza? Porque é muito da hora!

– Tenho, obrigada.

E quando a paciência já se foi:

– E aí, o que você tá fazendo?

– Escuta aqui: algum dia eu fui na sua mesa pra ver o que você estava fazendo?

– Não foi porque não quis (rindo, como sempre, afinal, o chato acha que é sempre engraçado e também acha que estamos brincando).

– Não fui porque sou educada, porque não me interessa ver o que os outros estão fazendo.

– Ahhhhhh! Ficou bravinha?! Tem alguma coisa pra esconder?

– Só gosto de privacidade.

– Sei, sei!!

– … (nesse momento o silêncio é a melhor opção).

Solução:

– Oi! Voltei! E aí, o que você tá fazendo?

– Posso te ajudar? (Nesse momento todas as janelas estão minimizadas e o chato só irá ver o papel de parede).

Conclusão: Se antecipe ao chato e sempre faça uma cara de paisagem, como se estivesse superconcentrada, mesmo que essa concentração seja só para passar uma fase do Candy Crush.


[ M.B. ]

Comments

comments