Feliz dia do “solta você primeiro”

http://www.youtube.com/watch?v=k6BU6Nb_vDM

Hoje é dia do irmão e não pretendo escrever algo clichê daquela velha propaganda de margarina. Irmãos brigam, o tempo todo. Principalmente porque os irmãos são os primeiros a desafiarem seus limites sem necessariamente você tenha que os obedecer.

Aprendi uma coisa com a vida: Ser irmão independe de sangue.

Tenho duas irmãs. De uns anos pra cá, a gente criou uma “máxima” interna que diz “se eu não tivesse nascido sua irmã, eu com certeza seria sua amiga”. É fofo, mas não foi sempre assim.

Não quis ser irmã delas a vida toda. Em alguns momentos tudo o que eu quis foi não ser nada. A infância e a adolescência, às vezes podem ser cruéis com a convivência. E na minha família não foi diferente.

Eu aprendi ao longo dos anos e aprendi com o que vi fora de casa. Alguns que se fazem de amigos não são enquanto os que você rejeita, no caso os irmãos, podem ser mais amigos do que você imagina. Mas isso também não é uma regra que você aprende necessariamente cedo. Alguns sim, outros não.

Aos amigos que tornaram-se irmãos. Aos irmãos que se tornam amigos. [ Eu tento fugir do clichê, mas quando se trata de família, dá uma câimbra! ]

Feliz dia do irmão


 

[L.M.]

Comments

comments