E quando não dá liga?

Você está na paquera: a pessoa é linda, perfumada, de olhos penetrantes, parece seu número, tamanho perfeito, parece ser o encaixe anatômico. Vocês trocam ideias, conversam de assuntos aleatórios, a atração é forte, os assuntos não combinam tanto, mas quem liga? Afinal, vocês um ao lado do outro geram faíscas!

Chega na hora do “vamos ver” e ta-rã! Nada? Não encaixa, não encontra, não combina, não funciona! As bocas se topam e não dá em nada, sequer é gostoso, às vezes nem é ruim, é apenas normal, ordinário, comum.

Os abraços não encaixam, o cheiro não é bom, o gosto muito menos…aquela intensidade inicial vai esfriando a ponto de você beijar a pessoa pensando em chamar o táxi para ir embora. E aquele indivíduo que parecia perfeito para uns amassos, um carinho, um aconchego ou apenas um belo de um sexo gostoso, a partir daquele momento se torna só mais uma na lista de seres humanos normais com quem você já se encontrou e se relacionou. De repente, aquele sonho de consumo, o ser desejado por semanas, é apenas um detalhe em sua vida, uma conquista, nada mais.

Nem sempre a gente percebe logo de cara que uma boca não encaixa na outra, que a pessoa não é nosso tipo, por vezes é necessário experimentar para saber que aquele papo mais ou menos não era reflexo somente de uma pessoa bonita, porém, insossa. No começo, você pensou que até dava para se apaixonar aos pouquinhos, levar para o quarto e dar boas risadas juntos. Mas essa pessoa é sem sal nem açúcar, nem glúten, nem lactose e nem graça e ponto final.

Depois do sexo praticamente estéril de vocês, veio aquele momento chato , no qual nenhum dos dois sabia como agir ou o que fazer. Ver um filme? Não dá! Um gosta de aventura, o outro de documentários europeus. Ouvir música? Impossível! Samba e hard rock não dão liga. Assim como vocês dois também não. No caso, o que resta é recolher suas roupinhas do chão do apartamento esquisito deste ser estranho, e ir embora. O clima é tenso, a casa não combina com você, a voz da pessoa nem te soa mais humana, você só quer se livrar logo daquilo.

A insistência nestes casos só vai desgastar, fazer ficar pior o que já não é interessante. Não tem o que fazer! Meu amigo, ela não combina com você! Cai fora antes que vocês se tornem um daqueles casais sem graça, que quando termina o relacionamento (e isso deve ser bem rápido) todo mundo vai dizer “já foi tarde, ele(a) não tinha nada a ver com você”.


 

[N.D.]

Comments

comments