13 usuários que você já viu ou foi no whatsapp

Você que está lendo esse texto agora provavelmente possui um dos aplicativos mais baixados nos smartphones atualmente, o famoso #WhatsApp. E se tem o aplicativo, também é quase certo que faça parte de ao menos um grupo. Tem aquele da faculdade, o dos amigos da escola, do trabalho, da família, e assim por diante. E como acontece no Facebook e Twitter, é possível reconhecer alguns tipos de usuário desse aplicativo tão querido! Pensando nisso, eis uma listinha!

– Engraçadinho: Só envia vídeos no nível Vídeo Cassetada, piadas e fotos bizarras.

– Observador: Está ali acompanhando tudo, mas não emite opinião, não pergunta ou responde. Adora ver o circo pegar fogo.

– Compartilhador: Como pertence a vários grupos fica compartilhando de um pro outro. Sobre qualquer assunto. Viu, gostou, compartilhou!

– Tarado: Adora um pornô. Sacanagem é com ele mesmo!

– Cabo eleitoral: Tenta te convencer a votar em determinado candidato. E para isso envia vídeo, gráfico, link, áudio, discute e faz um texto inflamado.

– Desatento: Nunca presta atenção ao ler, dá aquela olhada rápida. Afinal, são muitas mensagens!

– Preguiçoso: Quer participar do assunto do momento, mas tem preguiça de ler os comentários anteriores e por isso pergunta do que estão falando e pede um resumo da conversa.

– Revoltado: É aquele que só reclama. Seja do clima, trânsito, colegas de trabalho, fila, política… Nada está bom pra ele.

– Autoajuda/Otimista/Gratidão: Sempre tem uma mensagem de incentivo, algo a agradecer, uma história de superação, uma linda lição de vida. Deseja bom dia, bom trabalho, boa noite, boa semana. Gratidão sempre!

– Pedinte: Só palpita no grupo pra pedir favor. Pode ser carona, roupa emprestada, até pra saber a previsão do tempo.

– Prontidão: Como está o tempo todo com o celular, é o primeiro a responder as mensagens. E está sempre pronto a ajudar.

– Invisível: Pode ser confundido com o observador, mas veja bem: O invisível não tem coragem de sair do grupo. Por isso não interage e não dá a mínima para a conversa. Inclusive deixa o grupo no silencioso.

– Religioso: Manda todo tipo de corrente. Ainda acha que vive na época dos emails com mensagens em Power Point, e se não repassar a corrente, algo de ruim vai acontecer (pensando bem, não custa repassar para 10 amigos, não é mesmo?!).

Se identificou e identificou algum amigo? Aproveite, compartilhe e envie para os seus grupos do “zap zap”!!

 


 

[M.B.]

Comments

comments