Relacionamento à distância vale a pena?

Esse final de semana jantei com amigos e entre os temas, conversávamos sobre o quanto a quilometragem pode impactar uma relação, para o bem e para o mal.

“Relacionamento à distância não costuma dar certo” um amigo disse propondo o debate. Curiosamente esquecemos por alguns minutos que havia um caso na própria roda, de duas pessoas que deram certo. “Nós somos a prova viva de que pode dar certo sim” disse o casal que ficou quase dois anos separados por fronteiras (Brasil – EUA) e que agora dividem uma vida juntos na América do Norte.

E rapidamente constatamos que a distância que não dá certo, não tem uma relação direta com o espaço físico que dividimos ou não com aquela pessoa. Existe uma regra básica, aprendida com a convivência, e que nossa alma procura no outro incessantemente. A regra define que se duas pessoas querem estar perto, não há distâncias que às possam separá-las. Por outro lado quando duas pessoas tendem a ficarem distantes, elas podem estar frente à frente e simplesmente não se caberem, não se encaixarem, nem se alcançarem.

A internet, os smartphones e a tecnologia estão na nossa vida para diminuir distâncias, mas entendo também que se não houver o esforço necessário, ninguém jamais conseguirá se aproximar do outro. Eu mesma já tive relacionamentos que estando junto estávamos separados e outros que estando longe não pareciam tão longe assim. A gente escolhe o abismo que deseja inserir na relação. Quem realmente quer ficar junto, desde que seja recíproco, jamais ficará separado.

tumblr_n58b3j3NHh1rftl1bo1_500

 “Os opostos se distraem, os dispostos se atraem” – O teatro mágico


 [L.M.]

Comments

comments